Não em Nome de D'us    
       
 

Junto com a ética do amor há uma ordem para abraçar uma ética de justiça. Amor é particular, mas justiça é universal. O Amor é apaixonado, mas a justiça é desapaixonada.

   
       
 
 
   
 
  Advogada Processa Facebook por Responsabilidade Social    
       
 

Facebook é uma mídia social, e justamente por isso possui uma responsabilidade social

   
       
 
 
   
 
  Olimpíadas de Munique: 43 Anos do Massacre    
       
 

Desde aquele tempo, têm havido repetidos pedidos ao Comitê Olímpico Internacional, principalmente por parte das famílias das vitimas, para prestarem um serviço memorial durante os jogos.

   
       
 
 
   
 
  Auschwitz em 15 minutos por Steven Spielberg    
       
 

"Auschwitz" é o documentário produzido por Steven Spielberg mostrado em uma solenidade que celebrou o 70º aniversário da libertação de Auschwitz

   
       
 
 
   
 
  A Filosofia de Auschwitz    
       
 

Passados 70 anos, a Europa volta a viver o pesadelo de racismo, xenofobia e ódio étnico. Partidos de extrema-direita voltam a galgar popularidade, com destaque para a França, Alemanha, Itália...

   
       
 
 
   
 
  Primeiro-ministro da França faz
mea culpa coletivo por antissemitismo
   
       
 

Em um pronunciamento bastante incisivo, o primeiro-ministro francês Manuel Valls denunciou em 13 de janeiro na Assembleia Nacional em Paris o aumento do antissemitismo na França e fez mea culpa coletivo: "Nós não demonstrarmos indignação suficiente."
Valls assinalou a ameaça representada pelo antissemitismo...

   
       
 
 
   
 
  A Liberação dos Campos Nazistas    
       
 

Em seus movimentos em território europeu, em uma série de ofensivas militares contra a Alemanha nazista, as tropas Aliadas encontraram dezenas de milhares de prisioneiros em campos de concentração. Muitos deles haviam conseguido sobreviver às longas "marchas forçadas" que foram obrigados a fazer entre os campos da Polônia ocupada até o interior da Alemanha, mas estavam em péssimo estado físico, e...

   
       
 
 
   
 
  A Justiça Tarda, Mas Não Falha...    
       
 

Estes julgamentos, mesmo que décadas após o crime, são espetáculos edificantes: reafirmam as normas da sociedade civilizada e os vínculos em comum da humanidade - coisas que muitas vezes aceitamos...

   
       
 
 
   
 
  Museus do Holocausto produzirão netos judeus?    
       
 

Dez anos atrás minha mãe, sobrevivente húngara do Holocausto, disse-me que tinha desistido da ideia de museus do Holocausto. Foi uma estranha declaração vinda de alguém que sofrera tanto, Aos cinco anos, minha mãe se tornou praticamente órfã: seu pai tinha sido morto num campo de trabalho na Ucrânia e sua mãe fora levada a Bergen-Belsen...

   
       
 
 
   
 
  70 Aniversário do Levante de Treblinka    
       
 

A cerimônia foi organizada pelo Instituto Histórico Judaico da Polônia e recebeu centenas de convidados, incluindo uma delegação israelense liderada por Jonny Daniels, um conselheiro de comunicações para vários membros do Knesset – Parlamento.

   
       
 
 
   
 
  Faleceu Rabino Que Anunciou Liberdade em Buchenwald    
       
 

"Eles me perguntavam várias vezes: 'Será que o mundo sabe o que acontece conosco?'", disse Schacter à Associated Press em 1981. "E eu pensava: 'Se meu pai não tivesse tomado o navio a tempo, eu também estaria aqui'."

   
       
 
 
   
 
  Símbolo de Esperança    
       
 

É difícil não sentir que alguma força maior tem trabalhado nas impressionantes tragédias e nos triunfos da história judaica, não somente nos tempos antigos mas também em nossa era.

   
       
 
 
   
 
  Uma Nação de Sobreviventes    
       
 

Como o leão, somos uma nação que sempre se levanta; não importa o quanto caímos, sempre nos levantamos. Isso é o que são os judeus, e é o traço de caráter do qual mais nos orgulhamos. Somos um povo que se ergue das cinzas.

   
       
 
 
   
 
   
 
  Os Sobreviventes de Sugihara    
       
 

“A vida humana é muito importante. Ser virtuoso na vida também é muito importante. “Meu marido e eu conversamos sobre os vistos antes de emiti-los. Entendemos que tanto o governo japonês quanto o alemão discordam das nossas ideias, mas apesar disso fomos em frente.”

Yukiko Sugihara, esposa de Chiune Sugihara

   
       
 
 
   
 
  Testando Nossa Humanidade    
       
 

Ele e a esposa também temiam pelas próprias vidas e pelas vidas dos filhos.
“Mas,” disseram os Sugihara, “obedecer ao nosso governo seria desobedecer ao nosso D'us.”

   
       
 
 
   
 
  A extraordinária metamorfose    
       
  “O nome de minha avó era Erna Patra Hitler. Hans Hitler – seu segundo marido – era sobrinho do Fuhrer.”    
       
 
 
   
 
  Resistência    
       
  Durante décadas uma história não relatada, a Brigada Bielski, liderada pelos irmãos Tuvia, Zus e Asael, foi mostrada no filme “Desafio”... Mas foi somente no ano passado que Bedzowski Johnson levou sua história pessoal a público.    
       
 
 
   
 
  Com Israel, Custe o que Custar    
       
  Enquanto eu for Primeiro Ministro, seja na ONU ou na Francofônia ou onde for, o Canadá vai tomar posição, custe o que custar. E amigos, não digo isso apenas porque é a coisa certa a fazer, mas porque a história nos mostra, e a ideologia da multidão anti-israelense nos diz muito bem se dermos ouvidos a ela, que aqueles que ameaçam a existência do povo judeu são uma ameaça para todos nós.    
       
 
 
   
 
  Uma Torá de Sangue    
       
  Durante o reinado de Nicolau I, cerca de setenta mil judeus, dos quais cinquenta mil eram crianças, foram tirados à força de suas casas e famílias e induzidos ao exército russo. Os meninos, criados à maneira tradicional do shtetle (aldeia), eram pressionados por todos os meios possíveis, incluindo tortura, a aceitarem o batismo. Muitos resistiam e alguns conseguiam manter sua identidade judaica. A magnitude de seu conflito é difícil de conceber...    
       
 
 
   
 
  Soldado e Sobrevivente: Uma Reunião Emocionante    
       
  Para Goldman, que foi ferido duas vezes quando soldado e que perdeu os pais para os nazistas, o retorno à sinagoga em Vilna naquele dia também foi importante. Os campos de concentração tinham sido liberados, os judeus estavam se reunindo com suas famílias em toda a Europa, e na Lituânia, ser judeu não era mais um crime capital....    
       
 
 
   
 
  Chabad na Grécia    
       
  Não foi fácil; não havia turistas, certamente não turistas judeus, e após toda aquela violência parecia sábio ficar em casa por mais algumas semanas, mas o Rabino tinha um trabalho a fazer… deveria haver alguns judeus lá fora e então algumas tarefas estavam pressionando…    
       
 
 
   
 
  Um Psicoterapeuta em Auschwitz    
       
  Essas palavras são o ponto alto das nossas preces diárias, expressando poderosas pérolas de fé.
Essas palavras têm sido murmuradas no decorrer dos tempos, em épocas de grave desafio, em porões escuros, por aqueles que exalavam seu último suspiro, num auto-da-fé na Espanha ou numa câmara de gás na Alemanha nazista.
   
       
 
 
   
 
  Ondas Preocupantes    
       
  Em 1879, o socialista alemão Wilhelm Marr criou um partido político baseado numa plataforma peculiar: o ódio aos judeus. Embora não fosse original – os judeus tinham sido o alvo de ódio durante dois milênios – Marr oferecia ao mundo um novo termo para esta antiga intolerância. A Antisemiten-Liga (Liga Antissemita) de Marr nos deu o “antissemitismo”.    
       
 
 
   
 
  O Cohen Silencioso: Silêncio além do sofrimento    
       
  Senti que Julian estava resistindo a todas as tentativas de ser engajado nas discussões sobre Judaísmo. Quando começamos a conversar, ele partilhou comigo – quase que para demonstrar sua antipatia a tudo que fosse judaico – que estava absorvido pela filosofia Zen e seus Koans...    
       
 
 
   
 
  Um Preito de Gratidão    
       
  Numa cerimônia emocionante, o Memorial do Holocausto concedeu postumamente a mais alta honraria para não-judeus a Feodor Mikhailichenko.
“Isto encerra um ciclo de 64 anos. Você procura essa pessoa, a quem deve a vida, e não sabe a quem agradecer,” disse Israel Meir Lau –ex rabino-chefe de Israel, de 72 anos.
   
       
 
 
   
 
  Todo judeu é um sobrevivente    
       
  Assimilação e casamentos mistos não apenas afetam a vida dos atuais judeus, como também corta fora as futuras gerações de judeus, exatamente o objetivo da "solução final". Portanto, se você acha que os nazistas merecem a vitória, vá em frente. Mas eu sei que não há um só judeu no mundo que concordaria com isso. A suprema vitória contra o Nazismo é a continuidade judaica, e continuidade judaica significa educação judaica.    
       
 
 
   
 
  Morre o Ultimo heroi do Gueto de Varsóvia    
       
  Desapareceu o ultimo dos líderes da revolta dos judeus no ghetto de Varsóvia, contra a ocupação nazista.    
       
 
 
   
 
  Anti-semitismo    
       
  Uma resposta que ele deu pouco antes do seu trágico assassinato a um estudante da universidade de Harvard:
“Quando alguém critica os sionistas, quer dizer judeus – trata-se de anti-semitismo!”
   
       
 
 
   
 
  O Rabino e os Terroristas    
       
  Se presumirmos que as metas fundamentais dos terroristas eram desestabilizar a India, enfraquecer a crescente cooperação indiano-paquistanesa na luta contra o terrorismo, e aumentar grandemente a tensão entre os dois países, esperando uma guerra militar entre eles, cada um dos alvos fez sentido estratégico. Matar o máximo possível de pessoas no maior centro econômico da India, incluindo o maior número de turistas estrangeiros nos melhores hotéis de Mumbai, também fazia sentido...    
       
 
 
   
 
  Poema no Gueto de Terezin    
       
  Meu coração ainda bate no meu peito,
enquanto amigos partem para outros mundos.
Talvez seja melhor – quem pode dizer–
que assistir a isso, morrer hoje mesmo?
   
       
 
 
   
 
  Reencontro: 65 anos depois    
       
  Simon Glasberg jamais se esqueceu de sua irmã Hilda. Quando os alemães entraram na cidade onde eles moravam, Chernowitz, na Romênia, ela foi levada para a União Soviética. Simon e sua família nunca mais souberam dela.
Simon sabia que Hitler, que seu nome seja obliterado, tinha procurado despir todo judeu de sua identidade, sua individualidade...”Durante 65 anos pensei que ela estivesse morta.”
   
       
 
 
   
 
  Irena Sendler    
       
  Heroína desconhecida fora da Polônia e apenas reconhecida no seu país por poucos historiadores devido ao obscurantismo comunista que havia apagado sua façanha dos livros de história oficiais, Irena nunca contou a ninguém sobre sua vida durante aqueles anos.    
       
 
 
   
 
  Quem vai salvar o bebê?    
       
  Quando seus pais chegaram em casa e viram Avraham com o bebê no colo, ficaram consternados. Como podia ele colocar três vidas em perigo por causa de um ato de compaixão impensada? Avraham respondeu que o bebê agora era dele, e ou a criança escapava com eles, ou permaneceriam todos no gueto condenado.    
       
 
 
   
 
  Intolerância Religiosa    
       
  Este ano, 2006, tem sido difícil para a religião. Com muita freqüência a face que temos visto no Iraque, Afeganistão, Cashemira, Somália, Sudão, no Oriente Médio e às vezes mais perto de casa, tem sido violenta, de confrontos – lembrando-nos das famosas palavras de Jonathan Swift, que "temos religião suficiente para nos fazer odiar uns aos outros, e não o suficiente para nos fazer amar uns aos outros." Amar uns aos outros além das fronteiras da fé tem sido o grande desafio da vida religiosa.    
       
 
 
   
 
  Acreditando outra vez    
       
  Cheguei a Auschwitz-Birkenau, onde pelo menos 1,1 milhão de judeus foram mortos durante o Holocausto. O vasto campo reluzia com suas chaminés vermelhas nuas. Havia apenas remanescentes dos barracões, porque os internos tinham arrancado as tábuas para fazer fogo, desesperados para se manterem aquecidos no inverno depois da libertação.    
       
 
 
   
 
  A Vela    
       
  O tamanho da chama não é determinado pelo tamanho da vela. O "tamanho" da alma não é determinado pelo tamanho do corpo. Uma pessoa com um corpo pequeno não necessariamente possui uma alma "pequena".    
       
 
 
   
 
  Dinamarqueses, muçulmanos, e… os Judeus?    
       
  Há muitos muçulmanos atualmente ultrajados por aquilo que entendem como uma afronta à sua religião. Tumultos e violência estão ocorrendo em todo o globo; embaixadas foram incendiadas, bases militares atacadas, e uma abundância de comportamento anti-social está sendo exibido.
Contra quem esta fúria é dirigida?
   
       
 
 
   
 
  O Sobrevivente    
       
  A neve da sexta-feira se transformou em gelo escorregadio.
Sabe, você pode ser multado por não tirar a neve na calçada em frente à sua casa. E já era domingo à noite. Era uma noite fria no Brooklyn.
   
       
 
 
   
 
  O grito de uma criança    
       
  Um dos aspectos mais chocantes do maior ato de desumanidade na história da humanidade foi o extermínio de crianças entre as milhares de vítimas. Mais de um milhão e meio de crianças foram mortas durante o terror nazista.    
       
 
 
   
 
  Combate ao ódio e intolerância    
       
  Há alguns dias o presidente iraniano Mahmoud Ahma-Dinejad declarou que o Holocausto jamais aconteceu. Os judeus, disse ele, inventaram um "mito" dizendo que foram massacrados. Este foi um discurso perigoso da mais alta ordem, porque não foi feito por um grupo marginal de terroristas, nem por trás de portas fechadas, mas foi exibido ao vivo na televisão iraniana.    
       
 
 
   
 
  A capacidade de questionar    
       
  Somos um povo que sabe muito sobre sofrimento e perseguição. E somos um povo que sempre quis fazer aquilo que é certo, o que é sagrado, independentemente das circunstâncias.    
       
 
 
   
 
  Ameaça maior à sobrevivência judaica    
       
  A maior ameaça ao Judaísmo não é a pressão externa, mas sim a confusão interna. Quando perdemos de vista a nossa missão, perdemos a força e a energia para sobreviver.    
       
 
 
   
 
  Quem precisa de anti-semitas?    
       
  Há um milhão de motivos para ter orgulho em ser judeu. Se há sessenta anos ser judeu significava uma sentença de morte, hoje é uma sentença de vida.    
       
 
 
   
 
  Os Mártires de Blois (1171)    
       
  Muitas foram as falsas acusações feitas pelos inimigos dos judeus como desculpa para matá-los e roubá-los. Porém nenhuma foi mais perversa que a acusação de que os judeus usavam sangue cristão para as matsot de Pêssach. A primeira acusação desse tipo foi feita em Norwich, Inglaterra, em 1144… A cruel calúnia custou a vida de centenas, talvez milhares, de judeus inocentes, homens, mulheres e crianças. Porém o ódio que alimentou nos cristãos para com os judeus foi uma das principais causas do sofrimento e perseguição judaica nos países cristãos no decorrer dos séculos.    
       
 
 
   
 
  O inferno na terra    
       
  "Queimar duas mil pessoas levava cerca de 24 horas nos cinco fornos. Geralmente só conseguíamos cremar cerca de 1.700 a 1.800. Estávamos portanto sempre atrasados em nossa cremação, porque, como você pode ver, era bem mais fácil exterminar com gás do que cremar, que exigia muito mais tempo e trabalho.    
       
 
 
   
 
  Como lidar com o anti-Semitismo    
       
  "Qual é o problema, senhora?", perguntou a atendente.
"Você me colocou sentada ao lado de um judeu! Não posso me sentar ao lado desta pessoa nojenta. Encontre-me outra poltrona!"
"Por favor, acalme-se, Madame" – respondeu a comissária. "O vôo está lotado hoje, mas vou procurar para ver se encontro algum assento livre na Executiva ou na Primeira Classe."
   
       
 
 
   
 
  Quem foi Janusz Korczak?    
       
  "Sem uma infância serena e completa, toda vida posterior fica mutilada." A idéia expressa nessas palavras por Korczak — cujo nome verdadeiro era Henryk Goldszmit — condiz com seu princípio fundamental de que o educador deveria sempre levar a sério a opinião do educando, seu ponto de vista, porque não considerá-los oprimiria a personalidade da criança e seu amor próprio.    
       
 
 
   
 
  Lembre-se de mim para sempre    
       
  Os homens estão de gravatas, coletes e paletós. As mulheres estão com vestidos finos e belos chapéus. Todos escreveram mensagens no verso das fotos. Todos eles escreveram: "Lembre-se de mim para sempre."    
       
 
 
   
 
  Os judeus não morreram em Auschwitz    
       
  Milhares foram exterminados, estrangulados pela máquina sangrenta montada e colocada em ação, sem protestos das massas e de outras nações. Houve heróis cuja coragem os inspirou a salvar tantas vidas quanto lhes foi possível. Israel reconhece cada um deles e presta sua eterna homenagem em Yad Vashem. Nós jamais os esqueceremos.
Mas não chore: os judeus não morreram em Auschwitz.
   
       
 
 
   
 
  Ataques na Nova Zelândia    
       
  Sempre que uma comunidade judaica enfrenta atos de vandalismo e violência desta espécie, e passamos por episódios semelhantes em Londres, sinto-me inspirado pela inevitável reação da comunidade judaica. A reação dominante não está enraizada em medo ou fúria, mas é alimentada pelo desafio e rededicação.    
       
 
 
   
 
  Diferença, Anti-Semitismo e o Choque de Civilizações    
       
  Como o anti-semitismo é o caso exemplar de ódio à diferença, e como a diferença é essencial ao nosso conceito de pessoa (e assim da santidade da vida humana) – um ataque aos judeus – ou a qualquer outro grupo étnico ou religioso – é um ataque à humanidade. Sua cura virá somente quando aprendermos a respeitar e reconhecer a dignidade da diferença.    
       
 
 
   
 
  A fé após o Holocausto    
       
  Num mundo sem D’us o Holocausto não é uma questão teológica, mas sim uma declaração de quão baixo o homem pode descer. A pergunta se torna retórica – não "Onde estava D’us durante o Holocausto?" mas sim, "Onde estava o homem durante o Holocausto?"    
       
 
 
   
 
  Nem tudo são rosas…    
       
  Os sobreviventes e as obras possuem os registros e nos fazem gravar: o que foi o nazismo, o anti-semitismo, o holocausto, como vivemos, como morremos e como sobrevivemos ultrapassando tudo isto e ainda, e apesar de tudo, estamos aqui, graças a D’us!    
       
 
 
   
 
  Nós, os sobreviventes    
       
  Todo mundo faz piadas sobre Nôach e sua Arca. Existe aquela sobre Nôach sendo o primeiro manipulador do mercado de capitais da história: a companhia dele flutuava enquanto o mundo inteiro estava em liquidação!    
       
 
 
   
 
  "Quantos filhos você pretende ter?"    
       
  Ele jamais imaginou que sobreviveria a todos estes acontecimentos. Também jamais sonhou que encontraria uma mulher que partilhasse sua dedicação ao Judaísmo e estivesse preparada para o auto-sacrifício necessário para criar uma família observante de Torá na Rússia Comunista. Porém ele encontrou minha mãe. Em 1967, muito antes de a Cortina de Ferro cair, minha família, eu incluído, recebeu permissão para deixar a URSS. Viajamos para nos estabelecer em Israel.    
       
 
 
   
 
  Aristídes de Sousa Mendes 1885 – 1954    
       
  "Tenho de salvar estas pessoas, quantas eu puder. Se estou desobedecendo ordens, prefiro estar com D’us e contra os homens, que com os homens contra D’us."    
       
 
 
   
 
  Holocausto e Esperança    
       
  Mais de cinqüenta anos se passaram para os judeus – e também para os não-judeus – e esta tragédia ainda provoca uma importante pergunta com relação à crença em D’us. É natural perguntar: onde estava Ele e por que Ele não fez nada para impedir que acontecesse? Mais particularmente, com relação à Redenção, surge a questão: se a Redenção não veio então, quando a humani-da-de mais precisava dela, quando virá?    
       
 
 
   
 
  Passaporte para a vida    
       
  "São refugiados judeus" – um contínuo do consulado disse a Su-gi-hara. "Querem que o senhor salve suas vidas."
Era 27 de julho de 1940. No mês de setembro anterior a Alemanha invadira a Polônia e relatórios horríveis dos crimes alemães contra os judeus se espalhavam. Mas o que isto tinha a ver com um obscuro diplomata japonês na Lituânia?
   
       
 
 
   
 
  Por que Povo Escolhido?    
       
  Aquilo que nossos vizinhos não-judeus querem ver é uma comunidade judaica firme em suas crenças, bem-sucedida em suas escolas, entusiasmada pelo seu estilo de vida. Isso é o que D'us pretendia quando, no alvorecer da era judaica, disse a Avraham e Sarah: "Em vocês todas as famílias da terra serão abençoadas." E isso é o que significa ser um kidush Hashem, santificar o Nome de D'us. Apenas sendo fiéis ao nosso legado é que podemos ser uma bênção para os outros.    
       
 
 
       
 

Transcendendo o Medo

   
       
  Alguns estiveram nos campos. Praticamente todos tinham perdido entes queridos: pais, irmãos, irmãs, filhos. Não sei o quanto eles eram "religiosos" ou "espirituais" - mas sei que eles levavam a vida adiante com a convicção de que estavam fazendo aquilo que D'us desejava que eles fizessem, que suas vidas eram parte de algo maior que eles próprios.    
       
 
 
         
  O Holocausto na visão do Rebe    
       
  Podemos presumir que alguma explicação, suficientemente simples para encaixar-se nos limites finitos da razão humana, possa explicar um horror de tal magnitude? Podemos apenas concordar que existem coisas que estão além do alcance finito da mente humana.    
       
 
 
         
  Seja mais judeu!    
       
  A única razão pela qual estamos vivos hoje como um povo é por causa de um D'us Todo Poderoso que nos preservou durante "noite" e "dia" a fim de aproximarmos o céu da terra, transformando o mundo em um lugar bom e Divino.    
       
 
 
         
  O ódio que não vai morrer    
       
  Há muitos judeus que costumam associar o anti-semitismo com coisas do passado, com seus avós ou bisavós que estiveram confinados em guetos ou em campos de concentração na Europa. Hoje, em nossa era "civilizada" o que mais precisa acontecer para que um observador imparcial conclua que o anti-semitismo está bem vivo, e é perigoso?    
       
 
 
         
  Sobre o Holocausto    
       
 

O Holocausto vai muito além da capacidade da compreensão humana. O Rebe, Rabi Menachem Mendel Schneerson, líder mundial do judaísmo contemporâneo, manifestou claramente que é inconcebível explicar o Holocausto como um castigo Divino. Não existe maldade que possa justificar um sofrimento como o Holocausto.

A postura do Movimento Chabad sobre esta tragédia é abordada de forma sucinta neste artigo que, entre outras coisas, declara: as vítimas do Holocausto foram todos kedoshim, santos; a elas se agregam as palavras "D'us vingue seu sangue"; cada homem tem total e absoluta responsabilidade sobre seus atos e portanto, os nazistas e seus colaboradores são todos responsáveis e sobre eles se diz: "que seu nome e lembrança sejam apagados".

   
       
 
 
         
  D'us não morreu em Auschwitz    
       
  Os alemães nos deixaram com algumas perguntas - seis milhões no mínimo. Tornou-se a suprema tarefa da geração pós-Holocausto procurar e sondar, refletir e tentar compreender uma fé que passou pelo teste do tempo, mas pareceu falhar à confrontação com a razão e uma crença contínua em D'us, tanto onipotente como benevolente. Milhares de anos atrás, no primeiro Holocausto da história judaica ocorrido no Egito o grito de batalha foi: "Deixe meu povo ir!" Em nosso tempo, na esteira de um período de incompreensão, nasce um novo slogan: "Deixe meu povo saber."    
       
 
 
         
  Anti-semitismo merece resposta    
       
  Como "jardineiros" plantamos moral, ética, amor, compreensão, sabedoria, orgulho e legado e deixamos nossa impressão em todo o lugar por onde passamos, onde para alguns, infelizmente, despertamos ódio e inveja.    
       
 
 
         
  Terminando o trabalho    
       
  Quem de nós não possui antepassados que morreram ou assistiram perecer parentes no holocausto? E quando em seu coração você escutar o clamor deles indagando: "Então, meu filho, valeu a pena?" Qual será sua resposta?    
       
top