por Rabino Simon Jacobson    
  Como ser feliz  
índice
   
 

"O ser humano jamais pode ser feliz se não nutrir sua alma como faz com o corpo" - O Rebe

Como é sua vida?

Se você é como a maioria das pessoas, é feito de incontáveis pedacinhos de atividade fragmentada: exercício, trabalho, conversas, diversão, sono. Adicione as peças dia após dia, ano após ano, e terminará com uma vida inteira dividida em milhões de fragmentos, sem nenhuma conexão. A fragmentação perturba nossa paz de espírito, criando tensão e ansiedade ocultas. No decorrer do tempo, os fragmentos se acumulam e começam a sufocar sua alma, o interior que você anseia por focalizar, seu propósito e direção. Portanto, não é de se admirar que, após quarenta ou cinquenta anos mourejando através de dias tão confusos, acordamos e de repente nos perguntamos: "É isso a vida? Serei eu realmente feliz?"

Uma vida feliz é sinônimo de uma vida significativa, e todos queremos viver vidas que tenham um significado. Esforçamo-nos constantemente para deixar nossa marca na humanidade, para contribuir com algo de valor a nosso mundo.

Ao reconhecer que dentro de seu corpo há uma alma Divina, uma alma que dá um propósito a sua vida e a eleva acima das atividades mundanas da vida diária, você começa a pôr em ordem as peças de sua vida fragmentada. Você enxerga sua vida de uma perspectiva mais ampla, santificando cada momento de sua existência - não apenas enquanto está estudando ou rezando ou fazendo atos de caridade, mas mesmo enquanto está comendo e dormindo, em casa ou no trabalho, viajando ou em férias. Ao invés de continuar suas atividades diárias de forma mecânica, você descobre a Divindade dentro delas.

A chave para a felicidade: unir o corpo e a alma

Para ser uma pessoa completa e saudável, seu corpo e alma devem trabalhar em perfeita harmonia. Isso significa unir o corpo e a alma para cumprirem a missão para a qual fomos colocados na terra: levar uma vida produtiva, significativa e virtuosa tornando este mundo físico uma morada para D'us.

O corpo e a alma, entretanto, estão em constante conflito: o corpo basicamente procurando satisfazer suas necessidades, e a alma buscando transcendência e unidade. O primeiro passo para lidar com este conflito é reconhecer que ele existe, e estar consciente de duas forças distintas. Acreditar que somos uma única entidade leva à confusão e ao desespero. Um dia somos virtuosos, e no próximo, egoístas; um dia estamos motivados, no dia seguinte, procrastinamos.

Todos nós temos asas - nossa alma - que pode elevar-nos tão alto quanto precisamos ir. Tudo que temos de fazer é aprender a usá-las.

A única forma de unir corpo e alma é aceitar que D'us está muito acima de nosso limitado ser. A alma, devido à sua natureza transcendente, pode elevar-se acima do egoísmo mais facilmente que o corpo, e pode disciplinar o corpo, através do estudo e da prece, a reconhecer sua verdadeira missão. Somente então o corpo pode elevar-se à sua verdadeira proeminência - quando serve como um veículo para a alma, em vez de agir sob sua própria força, com seus desejos e necessidades egoístas. Assim que o corpo reconhece o domínio da alma e faz as pazes com sua irmã gêmea, a tensão pode ser adequadamente manejada.

A felicidade exige ação

Não é suficiente reconhecer sua alma, você deve efetivá-la tornando-a parceira do corpo para ajudar o próximo em caso de necessidade, para ouvir um amigo que está sofrendo, para ajudar a fornecer comida ou roupas a alguém que não pode comprar. Estes tornam-se mais que simples atos bons; tornam-se a nutrição vital para sua alma e um meio de colocar seu corpo físico num bom uso espiritual. A verdadeira felicidade é a fusão do corpo e alma dedicados a uma causa maior, uma causa que beneficia a humanidade e dá significado e paz interior ao indivíduo neste processo.

Quando você acorda pela manhã, enquanto ainda está na cama, pense por um momento: O que significa estar acordado e vivo? Inicie cada dia com uma prece; agradeça a D'us pelo novo dia. Reconheça sua alma. Pense sobre o que gostaria de fazer para que o dia de hoje seja um dia mais significativo. Se você treinar-se para fazer isso a cada manhã, imediatamente começará a enxergar sua vida de maneira nova e mais aguçada.

Você deveria terminar seu dia da mesma forma que o começa. Ao se preparar para dormir, revise o dia e como você utilizou suas oportunidades. Reconheça que D'us o colocou aqui para um propósito, e que todas suas atividades deveriam expressar este propósito. Durma com a resolução de que, não importa quão bom - ou mau - foi o dia de hoje, amanhã será melhor. Ao fazê-lo, seu sono será mais pacífico, e seu despertar mais significativo.

"Toda pessoa tem um corpo e uma alma," diz o Rebe. "É como um pássaro e suas asas. Imagine se a ave não tivesse consciência de que suas asas lhe permitem voar, elas seriam apenas uma fardo de peso extra. Mas assim que adeja as asas, eleva-se rumo ao céu. Todos nós temos asas - nossa alma - que pode elevar-nos tão alto quanto precisamos ir. Tudo que temos de fazer é aprender a usá-las."

 

   
top