Circuncisão  
   
índice
  Porque no 8 dia
     
 

Gostaria de entender a razão (se é que existe alguma) de D’us ter determinado o oitavo dia de vida de um menino judeu para ser realizada sua circuncisão.

 
     
 

RESPOSTA:

O número sete encerra todo um processo de hishtalshelut [1], que se formou e fixou baseado no número sete, como se diz: O ciclo de sete dias". O número oito, no entanto, refere-se a um nível mais elevado e sublime que aquele representado pelo sete – mais elevado e acima de hishtalshelut.

O mandamento da circuncisão é, especificamente, "no oitavo dia," pois através da circuncisão, atraímos e nos conectamos com esse alto nível de oito – e assim, somente circuncidando no oitavo dia, podemos atrair e receber estes mesmos níveis sagrados e sublimes, mais elevados que o mundo. (Através do nível de Ketter [2] mais elevado que Hishtalshelut. Essa também é a razão pela qual a pessoa é punida por Korrais [3] – a pena de morte celestial – por não ser circuncidado – como as letras hebraicas de Korrais correspondem àquelas de Ketter [4]. Isso equivale a dizer que a circuncisão é o único mandamento positivo que é responsável por Korrais, que geralmente está reservado para transgressões de determinados mandamentos negativos.)

Desejamos conectar estes grandes níveis com "o 'alicerce' e 'fim' do corpo" – i.e., nível mais inferior e mais 'físico' do corpo da pessoa. Isso significa que por meio da circuncisão, todo o corpo físico de um judeu torna-se refinado e conectado com D’us. Uma aliança eterna entre o Homem e D’us.

Em conexão com isso, encontramos a Festa de Shemini Atsêret, que ocorre no oitavo dia de Sucot, que também irradia o sublime nível do oito, mais elevado que Hishtalshelut, e está além de quaisquer restrições e limites mundanos. Portanto, embora em Sucot este altos níveis tenham sido atraídos ao mundo, foi apenas de maneira externa, transcendente, abrangente. (i.e., els não permeiam e se tornam revestidos dentro do mundo, e permanecem "não-mundanos".) Entretanto, em Shemini Atsêret o nível de oito possibilita estes altos níveis se tornarem revestidos dentro do mundo, internamente, ignorando todas as restriçoes. (i.e., "não-mundanas", podem tornar-se "mundanas" – um processo aparentemente paradoxal.)

A luz lançada sobre o acima exposto a partir da obra do Alter Rebe, Likutei Torá, (Parashat Tazria, 21:1):

"O nível de concussão que foi dado ao oito é o conceito de um "despertar do acima" (uma inspiração e um despertar Divinos), que um "despertar do inferior" (i.e., a auto-inspiração da pessoa) é incapaz de atingir.

Como também é explicado no Klei Yakar (Parashat Shemini): "que o mandamento de circuncidar é no oitavo dia, é o mesmo conceito sobre o por que do Tabernáculo [5] ser erigido no oitavo dia. (O Tabernáculo sendo um recipiente para a Divina revelação.)


[1] Hishtalshelut refere-se à maneira semelhante à cadeia causal-evolucionária na qual D’us criou o mundo, ocultando progressivamente Sua Divina emanação, e tornando a existência física possível. Cada nível neste processo está conectado ao nível diretamente acima e abaixo dele, por isso o termo hishtalshelut, que é etimologicamente relacionado com a palavra shalshelet, que significa "cadeia". Como todo o objetivo de hishtalshelut é para o propósito final – que é a existência do mundo – o processo todo é conectado com a existência do mundo, embora os estágios superiores sejam muito sublimes e distanciados. Portanto, está conectado com o número 7 – que é aquele no qual está baseado todo o ciclo do mundo, 7 dias da semana, etc.

[2] Ketter, literalmente "coroa", é um nível de Divindade, que como uma coroa repousando sobre uma cabeça, repousa sobre todo o processo Hishtalshelut. É o intermediário entre Or Ein Sof (O emanador) e Hishtalshelut (A emanação).

[3] Korrais, literalmente "cortado" – uma punição reservada à transgressão de mandaemntos negativos graves, no qual o transgressor está de certa forma "cortado" de D’us.. Ao cumprir um mandamento negativo, a pessoa se abstém de fazer algo errado. Ao passo que, num mandamento positivo, a pessoa faz ativamente algo correto. Como quando alguém está cumprindo um mandamento positivo, está realizando um ato físico – um ato que envolve aspectos mundanos, a pessoa não pode atrair o nível de Ketter, que é mais elevado que o mundo. Portanto, somente ao "não realizar alguma coisa", que é abster-se de fazer algo errado, a pessoa pode atrair Ketter (e assim, se você transgredir o mandamento, é punindo de acordo com Korrais) enquanto se afasta de fazer uma ação mundana. Apesar disso, através da circuncisão, a transgressão é punível por Korrais, indicando que é desempenho, embora ativo, pode também atrair Ketter, como está explicado.

[4] Ketter se escreve? Korrais se escreve?

[5] A palavra hebraica para Tabernáculo é Mishcan, que significa "habitar." Por meio da construção do Tabernáculo, o povo judeu dez uma morada para D’us no mundo físico. Assim também, a circuncisão atrai níveis mais elevados de santidade a este mundo.
 
   
top